Receita capilar potente: Óleo de coco extra virgem com açúcar

 Óleo de coco extra virgem e açúcar
Google imagens


  Quem tanto gosta de falar sobre cabelos? EU MESMA. Sempre estou pesquisando o benefício que isso ou aquilo pode trazer para os meus cabelos, e que seja simples e custe pouco. Há algumas semanas falei sobre os benefícios do óleo de coco extra virgem (Veja Aqui) e também contei sobre a hidratação com açúcar (Clique aqui) que também pode ser substituída por mel. O resultado de ambas nos meus cabelos e no de quem usa é espetacular. Sempre que alguém pergunta sobre o que fazer para recuperar e nutrir os cabelos, eu indico o Óleo de coco extra virgem.
  Então eu pensei: se o óleo de coco faz tão bem para o cabelo e o açúcar/mel também trás bons resultados, porque não unir os dois? E o resultado não podia ser outro, uma super reconstrução e nutrição dos fios.
  O Óleo de coco promove uma nutrição profunda, reconstoi e fortalece os fios, pois penetra o córtex do cabelo devido a sua estrutura molecular, de acordo com estudos feitos na Índia. Já o açúcar afinou e alinhou meus fios, diminuindo o volume, além do brilho.
  Bom, deixando os rodeios de lado vamos a receita que vai deixar seu cabelo super nutrido e reconstruido, você vai precisar de:

- Óleo de coco extra virgem
- Açúcar mascavo, açúcar cristal ou mel (Ambos têm quase o mesmo resultado, cabe a você escolher qual usar). 
*Use a quantidade necessária para o seu tamanho de cabelo* 

Modo de preparo e uso: 

1- Coloque os ingredientes em um recipiente de plástico e mexa com uma espátula de plástico até que se misturem bem. Obs: o açúcar cristal pode não dissolver bem, mesmo assim pode usar.
2- Aplique sobre os cabelos secos e deixe agir por 30 minutos ou 1 hora. Em seguida lave como de costume, mas não aplique hidratante. 
3- Finalize como preferir. 

  Quer primeiro testar apenas o Óleo de coco extra virgem? Eu te ensino. O óleo é aquele usado na cozinha mesmo, então deve ser extra virgem, ou você mesma pode fazer em casa.

- Aplique nos cabelos secos e sujos, da raiz até as pontas, massageando o couro cabeludo. 
- Deixe agir por até 3 horas.
- Lave como de costume. Aplique shampoo duas vezes para tirar bem o resíduo do óleo. 
Obs: mesmo quem tem cabelos oleosos pode usar na raiz. 

  Mas tem aqueles dias que não estamos com tempo para cuidar dos fios, não é mesmo? Mesmo assim pode trata-los no banho, dando aquela hidratação rápida com sua máscara.

- Lave os cabelos. Misture uma boa quantidade do óleo de coco extra virgem na sua máscara hidratante e aplique no comprimento, dessa vez tem que evitar a raiz já que o óleo não será aplicado sozinho. Deixe agir de acordo com o tempo da máscara e enxague. 

Todas as receitinhas podem ser usadas em qualquer tipo de cabelo, especialmente grosso e áspero.
(Se quiser potencializar o resultado, pode acrescentar Óleo de abacate ou azeite de oliva).

Minha opinião: Ao usar apenas o Óleo, logo na primeira lavagem eu vi diferença no aspecto do cabelo. Muito brilho, maciez, o volume diminuiu e quando usava ele natural parecia estar com escova. Ao usar o açúcar afinou, alinhou e diminuiu o volume, além de facilitar a chapinha e dar brilho. Juntando os dois estão, o resultado foi excelente.

Esse foi o post de hoje, gostou, já usou ou tem alguma dúvida?comente! Terei o maior prazer em responde-lo (a) e saber sua opinião.




TAG: Have a Very Bloggy Christmas

  Está chegando aquele dia que você se arruma toda pra ficar na sala, o dia que para mim é um dos mais lindos do ano, principalmente pelo seu real significado, o Natal. Eu fui indicada pela Aline Chaves, do blog Belezuras e Travessuras (Nome muito criativo) a responder a TAG: Have a Very Bloggy Christmas. E aqui estou, vamos lá:

Have a Very Bloggy Christmas

1- Árvore de Natal artificial ou natural?
Natural. Vejo as naturais nos jardins e fico fascinada.

2- Natal com neve ou sol? 
É aquele ditado "quem não tem cão caça com gato", já que não tem a neve, vai o sol mesmo.

3- Esperar pela manhã ou abrir os presentes à meia noite? 
Esperar nada, abrir na mesma hora!

4- Qual o filme que adora ver nessa época? 
Nenhum. Juro que não tenho paciência para assistir filme em nenhuma época do ano. rs

5- Cânticos de natal nos Shoppings? 
Não, é barulho demais.

6- Qual a roupa que usa no dia de Natal? Pijama ou veste "toda bonita"? 
Sempre me arrumo um pouco, mas nada exagerado.

7- Qual a sua comida de natal favorita? 
Salpicão de frango, hummmm!

8- O que quer receber nesse natal? 
Uma câmera fotográfica seria uma boa. rs

9- Planeja antecipadamente as compras dos presentes ou é de última hora? 
Nada de última hora dá certo, sem falar que nunca tem mais nada bom pra comprar. Antecipadamente sempre!

10- Veste de papai noel? 
Papai não, mas tenho vontade de ser mamãe Noel. rs

11- Qual a sua música favorita do natal?
Não tenho uma favorita, a letra de todas são lindas, sem falar nas melodias.

12- Onde vai passar o natal esse ano? 
Em casa mesmo com a família.

  E eu indico 12 blogs para responder, e quem não for indicado também pode responder:  Serena MissCostumo Ser AssimHoje Eu Tô PodendoGotinha de EstiloPaloma BritoMinuto de ModaMeu Diário AbertoBello Sonho MeuPenteadeira da PatríciaDoce AnyVou ArrasarA Bonequinha de Salto.

O lado ruim de ser magra


 O lado ruim de ser magra. Coisas que me incomodam.
Foto: Google imagens

 Dezessete anos. 1,55cm de altura. Não chega aos 40 kg. 55 de cintura... Estou falando de mim e do meu drama (ou não). Uns falam que sou abençoada, que minha genética é boa, outros dizem que tenho problemas. Ser magra tem lá seu lado bom, mas além das piadas sem graça "Cuidado, se não o vento te leva!" "Onde fica sua gordura? No coração?" tem outras coisas ruins também. Separei as que acho mais chatas e vou falar um pouco aqui.

- Dificuldades para encontrar roupa: A mulher em si já passa horas e horas provando roupas para encontrar uma peça que caia bem, mas por ser magra parece que a dificuldade fica cem vezes maior. Tem toda aquela preocupação porque  a roupa da moda, aquela roupinha mais bonita não cai bem no corpo mais reduzido, tipo shorts e saias pequenas.

- As pessoas confundem minha idade: Pelo menos comigo isso é o que mais acontece. "Dezessete, você?" Sempre falam isso com muito espanto. Certa vez estava em uma loja, quando a vendedora foi saber o que eu procurava logo falou "Tem quatorze anos, né? Aqui tem o que lhe serve" e foi me levando para o lado infantil da loja . Sim, isso é muito chato.

- Só as roupas do setor infantil servem: Além da vendedora confundir minha idade, ela está certa, as roupas do setor infantil servem mesmo. Exceto as calças, ficam curtas, para encontrar uma 34 no tamanho certo é necessário fazer uma varredura na loja de roupas para jovens e adultos.

- Roupas justas e curtas, nem pensar: Por ser magra não me sinto muito bem com roupas nesse padrão.

Esses são os 4 pontos mais chatos e ruins de ser magra. Tem alguma magrinha aqui? Comentários aí o que mais te incomoda!

Blogagem coletiva : O que eu aprendi em 365 dias

 
 O que eu aprendi em 365 dias.

Esse foi um dos temas da Blogagem coletiva do mês de Dezembro, do grupo Blogs que interagem do qual eu participo, e quis trazer aqui para o blog. Reta final de 2014, quase chegando 2015 e por mais que a gente diga que não aconteceu nada de bom e que não levaremos nada, levamos sim, aprendizado.
 
★ Sofrer é sinônimo de aprender (no meu dicionário) ★

  De algo ruim que nos acontece, qualquer tropeço por menor que seja, aprendemos alguma coisa. Aquele trecho da música Stronger da Kelly Clarkson "What doesn't kill you makes you stronger/ O que não te mata, fortalece." é a mais pura verdade, afinal, o que seriamos hoje se não tivéssemos levado umas boas rasteiras da vida? 

★ Elogios fazem muito bem ★

  Não estou falando daqueles elogios típicos de redes sociais, mas sim dos elogios feitos devido ao que fazemos muito bem, por algo que  você dá o seu máximo. Estes elogios também fortalecem e incentivam a fazer cada vez melhor. Então, não esqueça de elogiar sempre, você irá fazer alguém feliz! 

★ Ser feliz é está bem consigo mesmo ★ 

  Você não vai encontrar a felicidade em outra pessoa. Devemos nos aceitar (e amar) com todos os nossos defeitos e qualidades, pois é esse conjunto que nos torna um ser único. 

★ Persistir é sinônimo de conseguir (no meu dicionário) ★

  Caiu? Bata a poeira e levante-se! Chorou? Lava o rosto e coloca um sorriso! Vamos receber vários "nãos" até chegar um "sim" pra reconhecer nosso valor. Tudo requer tempo, empenho e força, muita força de vontade. 


Aprendi tanto que se fosse escrever tudo aqui, daria um livro ~exagero~. Não quero que o post fique enorme, então só vai estes mesmo. Participe do grupo e da nossa blogagem coletiva, mostre pra gente o que aprendeu. 

4 Motivos para não fazer "Troca troca"


Não troque seguidores e comentários.


  1- Você está desvalorizando seu esforço e a você mesma: Ao trocar seguidores, comentários, inscritos e curtidas a pessoa não vai ao seu blog, canal ou página por causa do conteúdo, mas sim porque terá algo em troca. Isso é bom? Ter um post cheio de comentários forçados e iguais aos que se ver em dezenas de blogs?

  2- Perde a chance de crescer: Como assim? Se você faz um post e não  tem nada de comentários vai dar desânimo, óbvio. Porém, você pode tirar algo proveitoso disso, se não comentaram é porque tem algo errado, ou o assunto não agradou, ou a forma como foi escrito, assim buscaria melhorar.

  3- É tudo coisa de momento: Se não for ao grupo de blogueiras e postar "Vamos trocar comentários?" provavelmente não irá aparecer comentários em seu blog. Ou até mesmo "Troco curtidas" aí eu pergunto, quantas curtidas e comentários suas pastagens recebem? Logo, a todo novo post você tem que ficar fazendo as trocas.

  4- Nunca alcançará sucesso: Bem, sucesso sucesso não, reconhecimento seria o certo. Fazendo isto você será só mais uma Blogueira e não A BLOGUEIRA, entende? Entenda que esse mundo está muito concorrido, pra se destacar tem que fazer diferente, esse troca troca só te faz ser mais uma desesperada por seguidores, comentários, inscritos e curtidas.

Então, essa foi minha opinião, concorda? Discorda? Sinta-se a vontade para dar a sua. Não estou aqui para condenar ninguém, seu blog é você quem faz. Porém não posso deixar de tocar neste assunto pois quem está no blogger há um certo tempo sabe que não era assim. Não destrua mais esse meio assim como outros foram destruídos por ambição.

Saúde dos cabelos+Benefícios do Óleo de coco e Gelatina sem sabor


 Óleo de coco extra virgem e Reconstrução com gelatina


  Eita que eu amo falar de cabelo, perceberam?  Então, o post hoje será sobre isso mesmo... Já pensou em desistir dos seus cabelos? Trata, cuida, investe em produtos caros e nada de mudar? Calma, a solução pode estar tão perto e você nem imagina!
  Para cabelos saudáveis você precisa lembrar que nosso organismo funciona em conjunto, se algo não está muito bem aqui, provavelmente algo irá falhar ali, entendeu? Vou explicar: Fast Food só trás benefícios à quem vende, quem consome se detona. Não adianta muito você cuidar e cuidar dos cabelos e esquecer da alimentação, e seu organismo estar pobre em nutrientes essenciais para o conjunto todo. Cuide primeiro do interno e depois do externo.
   Mas ok, a saúde está certinha? Mãos a obra então. Os produtos naturais agem muito bem nos cabelos, invista ou faça você mesmo em casa. O queridinho da vez é o Óleo de coco extra virgem, sim, o mesmo usado na cozinha e que faz um bem danado aos fios. Isso acontece porque é rico em Vitamina E, Vitamina K e ferro, além de vários outros nutrientes.

COMO AGE  NOS CABELOS? Recupera cabelos ressecados. Repara pontas duplas e danos causados por processos químicos e calor excessivo. Hidrata, dá mais brilho e acelera o crescimento.

   Faz o cronograma capilar e seu cabelo está precisando mais de reconstrução? Inclua a gelatina sem sabor. A gelatina é rica em colágeno, que é uma das maiores moléculas de proteína no organismo. Assim como a pele, os cabelos também envelhecem, o colágeno realinha e fortalece os fios, trazendo mais vitalidade. A gelatina é um produto feito a partir do colágeno, ela contém 18 aminoácidos, desses 18, 9 são aminoácidos essenciais em uma proteína alimentícia.

Obs: Óleo de coco é para hidratação e a gelatina para reconstrução  capilar, logo, ambas devem ser usadas separadas.

   O post foi para entender sobre os benefícios e os porquês desses tratamentos. Gostou? Quer aprender a fazer? Foi útil? Comenta e divulga, eu agradeço demais! ♥

Natucor: Vermelho profundo 6.66

  Há um tempo venho querendo mudar a cor dos meus cabelos e tenho certa paixão pelo vermelho, porém, queria uma tinta que fosse fácil de tratar e que não judiasse dos fios. Então, por já conhecer a Natucor e depois de muito pesquisar sobre outras marcas (pontos positivos e negativos), decidi testar o Vermelho profundo 6.66 Cereja.

 Natucor vermelho profundo 6.66 Cereja

  Como só encontrei uma Blogueira falando desse tonalizante,  fiquei apreensiva pelo resultado e juro que me surpreendi. Ficou bem melhor do que o que eu esperava. Meu cabelo era loiro natural e estava virgem, então não descolori (infelizmente não tirei foto para fazer o antes e depois).

Resultado:

 Natucor Vermelho profundo 6.66 Cereja
No sol

Dentro de casa
 Natucor Vermelho profundo 6.66 Cereja
Dentro de casa
(Fotos sem nenhum efeito)
  Simplesmente estou amando esse tom cereja. Como acabei de pintar e ainda não lavei, não tenho nenhum lado negativo para relatar, pelo contrário, além da mudança da cor os meus cabelos não sofreram nenhuma alteração, estão com muito brilho, super hidratados e sedosos. Conforme for levando venho atualizar esse post.

Sobre a Natucor: É uma tintura que utiliza nutrientes de ervas, flores e frutos. Pinta suavemente sem amônia, sem água oxigenada e sem chumbo, por isso não danifica nem agride a estrutura dos fios. 

  Então, estou de volta ao blog e esse foi o post que gostaria de compartilhar. Se quer mudar suavemente seu cabelo sem agredi-lo, super indico essa marca, não irá se arrepender. Já usou? Comente o que achou, sua opinião é bem vinda. E desde já digo que não recebi nada para divulgar a tinta, apenas gostei do resultado e quis compartilhar. 
                   ATÉ O PRÓXIMO POST ★☆★

Atualização: 21/12/2014 
  Então, após 10 lavagens vim falar como está meu cabelo. Desde já digo que não estou usando nenhum produto especial para cabelos tonalizados e a cor ainda continua. É claro que não está tão viva como fica nas cinco primeiras lavagens, está desbotado pois não fiz banho de brilho e etc. Porém, quem usa os produtos certinhos consegue manter a cor por mais tempo. Minha raiz já cresceu, mas parece que do cumprimento ela não sai nem a pau. Mas tem explicação, por ser tonalizante age como uma "maquiagem" sobre os fios, a cor vai clareando até voltar ao tom natural (já percebo isso onde não apliquei bem a tinta). Logo, continuo sem nada contra a tinta pois era esse o resultado que eu esperava, mudar a cor e aos poucos ir voltando ao normal mas sem danificar meus fios, e isso ela cumpriu.